Valores

6 coisas que o pai não deve fazer durante a gravidez


Os pais têm um nível de envolvimento muito maior do que há alguns anos em termos de educação e parentalidade. Também vivem com entusiasmo a gravidez desde as primeiras fases e sentem necessidade de estar atentas a tudo o que acontece ao longo da gestação. Porém, por mais que queiram saber o que acontece semana após semana, nunca podem terminar de sentir como a gestante vivencia. É por isso que eles podem cometer alguns erros.

Ninguém é perfeito e é normal cometer erros, mas quando você está grávida há situações que a deixam louca como não fariam em outro momento. No meu caso, eu ficava muito zangado toda vez que meu parceiro esquecia a data de uma crítica, mesmo quando eu a dizia ativa e passivamente. Se você é um novo pai e está vivendo sua gravidez com entusiasmo e expectativa, você deve saber quais são os erros que pode cometer como que você nunca deve fazer ou dizer ao seu parceiro para evitar um conflito:

1 - Não vá ao ginecologista: evitar consultas médicas significará que você não saberá em primeira mão todas as informações que nelas se tratam, não poderá sanar as dúvidas que possa ter e, se for realizada uma ultrassonografia, perderá as imagens de seu bebê no útero.

2 - Não ouvir o seu parceiroMulheres grávidas podem ser muito pesadas ou cansativas, mas carregar um bebê dentro de casa por 9 meses nos dá todo o direito de reclamar ou chutar se nossas costas doerem ou se não conseguirmos dormir bem. Ter um ombro para chorar o desconforto da gravidez é essencial.

3- Não participando de uma vida saudável: durante a gravidez, a mulher deve seguir uma dieta saudável e abandonar todos os hábitos nocivos, como o fumo ou o álcool. Não mostrar solidariedade para com ela e continuar a fumar na sua presença ou a comer pastelaria industrializada não ajuda em nada.

4- Seja o protagonista: monopolizar a atenção em reuniões familiares ou com amigos não é correto. O pai também é importante, mas o peso realmente importante é ser carregado pelo parceiro.

5- Não se comprometa com suas mudanças emocionais: discutir em algum momento é normal, mas é preciso entender que a dança hormonal da gestante é ótima e muitas de suas oscilações de humor, suas ansiedades ou suas dúvidas se traduzem em um estado emocional instável que deve ser compreendido.

6- Não informando sobre como a gravidez se desenvolve: nós mulheres costumamos comprar revistas, livros, mergulhamos na internet. Assumir que ela irá coletar as informações necessárias e que você não precisa saber nada além de como ajudá-la no parto não ajudará você a se envolver no processo.

Você pode ler mais artigos semelhantes a 6 coisas que o pai não deve fazer durante a gravidez, na categoria Estágios da gravidez no local.


Vídeo: Pré-natal: tudo que você precisa saber! Dra Responde #6 (Junho 2021).